21 de nov de 2012

Meu abraço rumo ao teu!


 E segue o abraço alegre.
De carona com o vento
voa apressado como um pássaro
rumo ao seu pretendido destino.

Do alto, até se percebe a exuberância da tal natureza,

todavia, nada se compara à beleza
que se encontrará ao final do intento.

O abraço alegre, agora quer apenas um descanso
e não há no mundo, melhor lugar,
senão no tão desejado destino,
Aconchego dos teus braços.


2 comentários :

Deixe seu comentário aqui