17 de jun de 2012

Onde está meu príncipe?


E quem nunca sonhou com seu príncipe encantado?! É assim que eu descrevo o que eu vivia naquele momento, parecia que aquele filme lindo e super-romântico que tinha assistido pela manhã era tudo que eu queria estar vivendo, ahh!!! [suspiro], no entanto, me encontro aqui, sonhando com os olhos abertos, deitada na cama, olhando através da janela, a luz do sol intensa, as cores vivas da natureza e a brisa suave soprando sobre mim, parece que tudo cooperava para que meus pensamentos pudessem ir mais longe, então eu começo minha viagem, fecho os olhos por um instante e quando novamente me preparava para entrar no meu mundo da imaginação, sou interrompida, “vem aqui, me ajuda!”, eu penso “tinha que ser logo agora, eu estava tão quieta, parecia que dessa vez iria dar tudo certo, ia fechar meus olhos novamente e viver nos meus pensamentos o que queria viver na realidade”, e lá vou eu, perguntar para minha irmã o que ela queria desta vez, e para minha surpresa não era nada demais. 
Na verdade, não era nada demais para ela, mas para mim aquele momento foi simplesmente a morte de um momento que tenho prazer em viver, tudo bem, fui um pouco dramática agora, mais é certo que não queria interromper aquele instante, para ela eu estava apenas deitada, curtindo minha “inércia” para não dizer preguiça, mas para mim, não! Porque são nesses instantes que paro para pensar, que minha mente começa a viajar ao futuro traçando planos e fazendo rascunhos do que eu quero viver são nesses instantes que meu coração se enche de esperança, esperança em viver um amor bonito, sincero e duradouro. Falando assim até pareço estar sendo utópica, mas eu acredito que ainda viverei, não um amor de filme romântico que no final o príncipe pega a moçinha a levanta, eles se beijam e por fim aparece o famoso trecho “... e eles viveram felizes para sempre”, mais um amor simples e real, no qual um tem que aceitar as diferenças do outro, os defeitos, no qual os dois juntos venham a somar, a crescer, aprendendo a superar os problemas e os desafios que são comuns em qualquer relacionamento. Afinal, que menina não sonha em encontrar seu príncipe?! E pelas vezes que nos frustramos, alguns até desistem, por medo de errar novamente, outros deixam de acreditar, e ai que nos questionamos, como pode algo ser tão bonito e gerar tanta alegria, e em outro instante gerar um dor tão grande que parece que não vamos aguentar?

Independentemente do que aconteça, acredite somente, esse é o primeiro passo para se achar o príncipe, não é por que com um não deu certo que você irá desistir. Ah e não precisa ficar beijando sapos, porque sapos só se transformam em príncipes em contos de fadas... Espere em Deus e acredite um dia ele chegará!


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui